Como diz a frase: Boas meninas escrevem diário, meninas malvadas não tem tempo pra isso... Meu blog é meu DIÁRIO rsrsrs... Posto aqui tudo que desperta meu interesse de forma positiva ... ou nao ...

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Conheça os seus Alimentos

 
 

Enviado para você por Samara através do Google Reader:

 
 

via SOS Feminino de SOS Feminino em 20/11/09




Conheça os seus Alimentos

Uma alimentação saudável e equilibrada, é essencial para o bem-estar de todos nós. São os alimentos que fornecem ao nosso organismo todos os nutrientes que necessitamos. Mas quais os alimentos que deverão fazer parte da nossa alimentação?

Saiba mais sobre a constituição dos vários alimentos e qual a sua importância para o nosso organismo. Descubra qual o tipo de alimentos que deverá comer com mais frequência e o que deverá procurar evitar.

Calorias

As calorias são unidades que medem a quantidade de energia que o nosso organismo obtém através da ingestão de alimentos. Os nutrientes presentes nos alimentos, fornecem diferentes quantidades de calorias, por exemplo, 1 g de proteínas ou hidratos de carbono, fornece 4 Kcal, enquanto que as vitaminas, os sais minerais e as fibras não fornecem qualquer tipo de energia.

Através das calorias, podemos também ficar a saber a quantidade de energia gasta durante a prática de vários tipos de actividades para além do exercício físico.

O que se torna realmente importante, é manter o equilíbrio entre as calorias que ingerimos e o modo como estas são utilizadas, uma vez que qualquer caloria não dispendida na realização de determinada actividade, será adicionada às nossas reservas, transformando-se em gordura.

A quantidade de calorias ou necessidades energéticas de cada um de nós, dependem de factores como o sexo, o peso, a altura, a idade, a actividade física, e estilo de vida. Por exemplo um indivíduo que pese cerca de 67 Kg e que seja activo, deverá ingerir cerca de 2250 calorias por dia, de forma a conseguir manter o seu peso. Contudo, se tiver o mesmo peso, mas praticar pouco exercício físico, apenas precisará de 1950 calorias, sendo que qualquer quantidade extra ingerida, será adicionada às suas reservas de gordura.

Índice Glicémico

Descubra de que forma o índice glicémico pode ajudar a mudar os seus hábitos alimentares:

O índice glicémico (IG) parece ser um assunto complicado de interpretar, mas é actualmente uma unidade de medida simples e bastante importante, que o ajudará a encontrar o equilíbrio da quantidade de alimentos que deverá consumir.

O IG está relacionado com a rapidez com que os hidratos de carbono (nutrientes presentes nos vários alimentos) são transformados em glicose, fornecendo a energia que o nosso corpo precisa. Quanto mais rápida a transformação dos nutrientes em energia, mais elevado será o índice glicémico.

Os alimentos com um elevado IG, são rápidos queimadores de energia, enquanto que os alimentos com um índice glicémico médio, são mais lentamente absorvidos pelo sangue, transmitindo uma sensação de saciedade durante maior período de tempo.

O consumo de alimentos com um baixo IG, poderá ajudar a controlar o seu peso e a sentir-se mais saciado depois de uma refeição. Isto não quer dizer que os alimentos com um elevado índice glicémico sejam prejudiciais para a saúde. Deve procurar-se um equilíbrio entre estes dois tipos de alimentos.

Gorduras

Acredite ou não, algumas gorduras são essenciais para a nossa saúde. Sendo substâncias de composição muito variável e insolúveis na água, as gorduras são nutrientes bastante energéticos, embora lhe estejam também associadas outras funções importantes, como por exemplo, o fornecimento de ácidos gordos, essenciais à formação do tecido gordo do organismo, ou a sua intervenção na construção de células.

O problema é que nem todas as gorduras são assim tão saudáveis, sendo mais fácil comer aquelas que não devemos. O elevado consumo de gorduras saturadas, rapidamente absorvidas pelo nosso organismo, originam um aumento de peso, dos níveis de colesterol e o risco de outros problemas de saúde.

Conheça os diferentes tipos de gorduras, e saiba com que regularidade devem ser ingeridas:

Ómega 3

Este é um tipo de gordura que deve comer com alguma frequência, sendo vital para a sua saúde e encontrando-se apenas em alimentos muito específicos.

Presente em óleos vegetais, nozes, vegetais verdes como os espinafres e couves, e em peixes de água fria como o salmão, o ómega 3 ajuda a diminuir os níveis de colesterol, sendo também benéfico na prevenção de doenças cardiovasculares.

Gorduras Saturadas

Deverão ser consumidas muito raramente e que por saberem tão bem, infelizmente fazem parte da nossa alimentação demasiadas vezes.

Presentes em gorduras de origem animal, as gorduras saturadas fazem muito pouco pela nossa saúde, contribuindo muitas vezes para a obstrução das artérias e aumentando a possibilidade de vir a sofrer de doenças cardiovasculares.

Gorduras Monoinsaturadas, Polinsaturadas e Ómega 6

Devendo ser consumidas de forma moderada, estas gorduras ajudam a reduzir o excesso de colesterol, diminuindo o risco de sofrer de algumas doenças cardiovasculares. São fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo.

O Ómega 6, presente em óleos vegetais (amendoim, girassol, soja, etc.), cereais integrais e sementes, desempenha um papel importante no desenvolvimento cerebral e na protecção da pele, contribuindo ainda para o equilíbrio dos níveis de colesterol.

Este tipo de gorduras encontram-se:

  1. Azeite e óleo de girassol;
  2. Margarina polinsaturada;
  3. Amendoins e amêndoas;
  4. Sementes de girassol e sésamo.

Fibras

As fibras, caracterizam-se por ser um conjunto de nutrientes existentes nos alimentos de origem vegetal, que o nosso organismo não consegue digerir, não sendo por isso absorvidas. Actuam no processo digestivo, contribuindo para um bom trânsito intestinal e ajudando a prevenir doenças cardiovasculares.

Já todos ouvimos falar das fibras, mas desconhecemos quais são exactamente os seus benefícios para a saúde:

  1. Regula a flora intestinal, contribuindo para uma correcta actividade do intestino, prevenindo algumas reacções do tipo degenerativo;
  2. Os alimentos ricos em fibra ajudam a sentir-se saciado com menos quantidade de alimentos ingeridos, conseguindo manter o peso;
  3. Retarda a chegada do açúcar ao sangue, o que é importante para controlar os níveis de glicose no sangue.

As fibras podem ser encontradas em alimentos como os cereais integrais, leguminosas secas, hortícolas e frutas, principalmente nas que têm casca.


Fonte: www.nacional.pt


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Manual do Cafajeste

Manual do Cafajeste (só para mulheres)

contador

Minha lista de blogs

gentileza

Gentileza Gera Gentileza

Estilo de casa

http://estilodecasa.blogspot.com/

Umbigo no fogao

CQC



Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguem muito grata pela vida, pela boa saude e pela boa sorte que possuo...

Video BOMMMMbril